sábado

A Ordem Divina

O pior de todos os tribunais é a nossa consciência , que não nos isola num espaço fechado , à semelhança da justiça do homem , mas nos deixa a alma enclausurada num profundo remorso .
O homem que é incapaz de ouvir a sua própria consciência é uma espécie de fera capaz das piores atrocidades . Essas pessoas vivem numa escuridão constante , numa amargura profunda que nenhuma atrocidade acalma , porque os seus corações gelam , enclausurados numa sombra onde a luz Divina não entra . Essas pessoas ficam isoladas , num mundo de trevas que elas mesmo criam , num inferno interior que nada alivia . A desilusão é o fruto colhido , por quem no seu vão e tolo egoísmo se esquece de que a vida foi feita para nos darmos aos outros e dando , recebendo aquilo que nos oferecem também . E é esse distanciamento da luz , que amofina o nosso corpo e o reduz a algo corroído , como uma planta que envolta na escuridão acaba por morrer , carente de seiva forte que lhe mantenha a vida e a beleza . E assim o corpo sofre a penalização por aquilo que a sua alma não foi capaz de fazer . E isso é da mais elementar justiça , só colhe trigo quem semeia trigo , só colhe luz quem semeia luz , só colhe amor quem na sua passagem por este mundo o semeia . Deus é amor mas também é justiça , e assim sendo é natural que cada um de nós receba os prémios e os castigos consoante o somatório dos nossos actos e gestos .


1 comentário:

Simone butterfly disse...

Perfeito texto, shalom sempre

imagem