sexta-feira

O Meu Impulso Interior



Sou um homem impulsivo , não sou tão ponderado como gostaria . cada vez que sou assaltado por um sentimento , por uma vontade , em vez de pensar maduramente no caso , sigo por impulso , imediatamente . Os resultados nem sempre são bons , umas vezes atá faço bem e acho que sigo uma intuição fortíssima que sempre me acompanha . Outras vezes cometo erros graves mesmo e nessas alturas acho que a minha intuição não passou de mera falta de juízo . É impossível deixar de seguir impulsos , mas tenho o dever de os saber controlar , não os deixar ser desculpa para as minhas infantilidades . Por enquanto tenho-me permitido acertar e errar em jogos comigo mesmo , sendo depois obrigado a aceitar as consequencias daquilo que decidi . Algumas pessoas censuram o meu modo de ser e exigem que cresça , que seja mais adulto , mais maduro . O problema é que tenho medo , que em meio a essa busca pela minha maturidade eu de repente me torne adulto em excesso. Se isso acontecesse eu deixaria de sentir o meu eterno espírito de criança e seria o fim de uma alegria irreverente que sinto na desaprovação das pessoas ditas maduras . Claro que sempre prometo pensar no assunto , mas esse pensamento certamente também me virá por um daqueles impulsos que não saberei evitar . O que me provará que ainda não sou maduro o suficiente e cá para nós , espero sinceramente jamais o ser .

1 comentário:

blog da Paraguassu disse...

Olá Gonçalo,
Linda tua postagem sobre as mãos. Amei. Teu blog também é muito bonito e interessante. Gostei deveras deste ambiente. Já estou te seguindo e virei sempre aqui.
Amigo, já que me segues,deixa um comentário em minha postagem, ok? Ficarei muito feliz com tua manifestação.
Um grande abraço.
Maria Paraguassu.

imagem