quinta-feira

Porque te amo!?

Amo-te porque te amo
não existe razão para o amor
amo-te do teu jeito
mas amar-te-ia de outro jeito
ou de um jeito sem jeito
que se acolhesse em meu peito.
Amo-te porque te amo
não sei dizer as razões
amo-te porque me possuis
na clareza do teu sorriso
no toque quente da tua mão
no carinho do teu olhar
amo-te porque te amo
sem saber explicar.
As sem razões do amor
que podem ser cem razões
podem ser milhares delas
sem as podermos qualificar
amo-te porque te amo
e será eterno o segredo
por desvendar fica o mistério
das sem razões de amar

1 comentário:

Val disse...

Boa noite Gonçalo!!!Lindo poema!!!Que este amor dure para sempre...seja sempre muito feliz e saiba que daqui torço por sua felicidade...
Beijos com carinho

imagem