sábado

Não Se Deixe Morrer



A morte do que esta vivo vem para quem já não tem ideias

Vem para quem já deixou de acreditar.

Vem a morte para quem não tem ideias para mudar

para quem se faz escravo de hábitos

para quem compra sempre a mesma comida

e cheira sempre as mesmas flores...

Vem a morte lentamente

para quem não olha o arco-íris

para quem já não ouve uma melodia no cair da chuva

para quem não arrisca conversar com quem não conhece

quem não arrisca mudar a cor da roupa.

Morre devagar quem troca o azul do céu

por o monitor de uma TV

quem não sabe virar a mesa quando está triste

quem não sabe arriscar

quem tem medo de arriscar o certo

quem é incapaz de seguir um sonho.

Morre com lentidão quem já não ri

quem não ouve o cantar dos pássaros

quem não olha a lua...

quem não sabe rir de si mesmo.

Não tem vida quem deixa perecer o seu amor próprio

quem depois de cair

recusa a mão para se levantar

quem passa o tempo queixando-se da vida

quem desiste de um projecto na primeira dificuldade

quem não procura aprender o que desconhece

quem não ensina aquilo que sabe

Mas podemos evitar a morte lenta

insidiosa

basta lembrar que estar vivo

é muito mais que somente respirar

1 comentário:

Val disse...

Boa noite Gonçalo!!Um belo texto para as pessoas refletirem e mudarem sua vida.As vezes as pessoas só precisam de um empurrão para se darem conta de que podem mudar .Enfim,vamos dar a volta por cima, vamos sair do vazio, não vamos deixar nada nos atingir… Pensem como fosse uma chuva ,ela passa e na hora que ela passar vai aparecer um sol lindo pra te encher de calor e felicidade. E nós devemos estar preparados pra isso.Gonçalo esta correto não se deixe morrer!!!
Beijos com carinho

imagem