segunda-feira

Como Conservar Um Amor

Certa vez um pai foi passear com o seu filho à beira mar. Foram andando e olhando o horizonte , até que o garoto olhou o pai e perguntou:
-Pai como se conserva um amor eternamente?
O pai olhou o filho e pediu-lhe que agarrasse um punhado de areia e fechasse bem a mão.
O garoto fez isso , mas depressa se deu conta que com quanta mais força fechava a mão e apertava a areia, mais rapidamente ela lhe desaparecia por entre os dedos.
- Mas Pai , assim a areia cai...!!!
O Pai sorriu e pediu-lhe que abrisse completamente a mão. O menino abriu a mão , mas de repente veio uma aragem que levou o resto da areia que ainda conservara na mão.
-Assim também não a consigo segurar na mão, murmurou o garoto decepcionado.
O pai olhou carinhosamente e aconselhou:
- Pega de novo num pouco de areia e mantém a mão semi-aberta , como se fosse uma colher.
Fecha a mão o suficiente para a proteger e deixa-a aberta o suficiente para lhe dar liberdade.
O menino experimentou e viu que a areia assim não lhe caia da mão, porque estava protegida do vento e tinha espaço suficiente na sua mão.
O pai abraçou-o e disse-lhe sorrindo:
- É assim meu filho que se conserva um amor...

1 comentário:

Val disse...

Boa tarde Gonçalo!!!Lindo seu texto!!!Conservar um Amor , quando existe compreensão, atenção, tolerância, quando se vive cada dia como se do primeiro dia se tratasse, quando a pessoa que está ao nosso lado é sempre a pessoa mais importante, é a prioridade nas nossas preocupações, é a dona ou dono dos nossos segredos, é a pessoa com quem tudo partilhamos e sobretudo a pessoa em quem acreditamos que vamos amar para sempre.Enfim,no amor só existe uma forma de estar, fazer do presente uma eternidade para amar...
Beijos com carinho

imagem