terça-feira

Para ser Maçom

Quem quer ser maçom não pode almejar descanso , porque ser maçom é um trabalho continuo.
Quem procura apenas ser alvo de benefícios não deve ser maçom , porque ser maçon é promover o bem dos outros e não viver em busca dele para nós.

Quem é comodista não pode ser maçom , porque o maçom vive em constante guerra contra os seus próprios vícios.

Quem for egoísta não pode ser maçom , porque a nossa fé assenta na partilha, e o nosso pensamento em ajudar o próximo.

Quem é rico não é melhor maçom , porque os bens importantes de um maçom , são os seus actos.

Quem é arrogante nunca poderá ser maçom , porque ser maçom é ter humildade e demonstrá-la em todas as circunstancias.

Para ser maçom não tem que se ser demasiadamente cumpridor de cultos, porque não é dizer-se praticante que salva alguém, o que nos leva ao Pai é ter fé e vivê-la em nossos actos.

Gostar de festas e de prazeres terrenos nada tem de mal , mas não devemos viver em prol deles porque esses serão efémeros.

Quem tem medo da morte não pode ser maçom , porque para nós a existência de Deus e a alegria da imortalidade em seu seio é uma das nossas bases fundamentais.

Nunca devemos ser apenas mais um , seja no que for , devemos sempre tentar fazer a diferença para melhor e lutar por isso.

Quem é intolerante e desconfiado nunca poderá ser maçom, porque a desconfiança e o desprezo, significam a maldade da alma e uma alma maldosa é a maior inimiga dos maçons.

Quem é omisso perante a dor alheia não poderá ser maçom, porque a omissão não pode ser nunca atributo de um maçom.

Um preconceituoso nunca será bom maçom , porque a igualdade é um pilar mestre da nossa vida.

Texto de Gonçalo de Assis com edição de Nuno F. Mello

1 comentário:

Val disse...

Bom dia Gonçalo!Com certeza uma bela introdução , parabens pelo excelente texto.Muitas duvidas estão sendo sanadas na melhor forma possivel, com um texto objetivo e claro.
Beijos com carinho

imagem