quarta-feira

Não julgue, respeite

Num desses dias em que o homem na sua incapacidade em aceitar a morte instituiu que se faria homenagem aos que já partiram desta vida, um senhor foi colocar um ramo de rosas na lápide de um seu ente querido . Olhando para o lado , viu com admiração que um senhor de aspecto asiático colocava sobre uma lápide ali próxima , um prato cheio de arroz já cozinhado.
Sem poder conter a sua admiração e cepticismo , perguntou:
-O Senhor acredita mesmo que o defunto virá comer esse arroz?
Ao que o Chinês olhando-o com um meio sorriso , respondeu:
- Virá no mesmo dia em que o seu ente querido falecido, vier cheirar as rosas que o senhor acabou de lhe oferecer.
Por isso em qualquer circunstância , não julgue. Não se sinta nunca o dono da verdade ou da razão.
Apenas aceite e compreenda e acima de tudo respeite.

Texto de Gonçalo N. de Assis com edição de Nuno F. de Mello

1 comentário:

Val disse...

Bom dia Gonçalo!Há´pessoas que perdem muito tempo em julgamentos inuteis, já que cada um tem seu tempo e precisamos respeitar os limites dos outros.
Beijos com carinho

imagem