sexta-feira

Sejamos mar...

Imaginemos a nossa vida igual a um rio. O rio apavora-se ao chegar ao Oceano. Olha para trás e vê todo o caminho que percorreu. Todas as curvas e rectas, e vê na sua frente uma massa enorme de água em que teme perder-se para sempre. Mas apesar do medo não há alternativa. O rio não pode inverter o seu curso e voltar para trás. E tal como ele , nós também não podemos voltar atrás. Só podemos continuar em frente. O rio tem que arriscar e entrar no mar e só depois de ele o fazer é que perde o medo. Porque só ai ele descobre que afinal não está condenado a desaparecer para sempre. Ele não desaparece no mar , torna-se parte do mar , torna-se mar. É uma dualidade entre o desaparecimento e o ressurgimento. E assim acontece a nós mesmos. Só podemos seguir em frente. Temos que ter coragem de lutar e arriscar. Temos que lutar, vencer e tornarmo-nos mar...

1 comentário:

ELIANA. disse...

Olá Gonçalo passando pra lhe desejar uma boa noite e um ótimo final de semana!!Tudo de bom a você!!Seeeeempre!!Um abraço!!

imagem