sexta-feira

Ninguém é responsável pela nossa felicidade
por isso não devemos colocar o fardo da nossa infelicidade
dos nossos insucessos
nos ombros de ninguém.
Todo o ser humano é livre de percorrer os seus caminhos
fazer as suas opções
sem dar ouvidos a opiniões alheias
seguindo o nosso livre arbítrio.
A razão da nossa paz interior
da nossa felicidade
somos nós mesmos.
É um enorme egoísmo
colocarmos o peso da nossa felicidade
nas mãos de alguém.
Procurar a nossa felicidade nos gestos dos outros
é deixá-la como uma meta
cada vez mais distante.
Quando andamos desesperados por problemas
devemos tentar ter calma
porque condicionamos a nossa vida
à força que emanamos de nós mesmos.
Somos o reflexo do que pensamos
e do que sentimos.
Devemos ser os nossos melhores amigos
e devemos parar de pensar mal de nós mesmos.
Um sorriso pode ser uma poderosa chave
para abrir as portas do mundo.
Devemos lutar para termos o que queremos
é uma utopia a felicidade sem esforço.
Não devemos exigir dos outros
coisas pelas quais nunca fomos capazes de lutar.
Devemos criticar menos
procurar menos defeitos em nós
e nos outros e trabalhar mais
E devemos sempre agradecer pelo que nos é dado.
A grandeza humana não está em receber honras
mas sim em merecê-las!!

2 comentários:

Val disse...

Boa noite Gonçalo!A felicidade é um meio e não um fim, pensando assim, é muito mais fácil ser contagiado e contagiar durante todo estes percurso que chamamos de vida.
Beijos com carinho

Teresa Augusto Shanor disse...

Querido Gonçalo!

Concordo plenamente, pois somos os únicos responsáveis por tudo o que nos acontece, afinal, a cada momento fazemos nossas escolhas, passo a passo e se algo não está bem, é porque assim permitimos que chegasse a acontecer. Sempre podemos reagir e mudar tudo, para melhor ou para pior. E o nosso maior inimigo é a ignorância, que nos impede de avançar com mais eficiência na construção de nossa felicidade.

Beijos de Luz e Paz em teu coração!

imagem