terça-feira

Amor Soberano

No verão os temporais aparecem sem que os possamos evitar
No outono as folhas caem
numa eterna saudade da primavera que se foi
No inverno o sentimento arrefece
como protegido num manto branco
que derrete na primavera
e volta a formar um lindo poema de amor.
Um poema que pode perder-se
se eu não tiver coragem
de o tornar real e de o viver.
Temos que proteger-nos do medo
que nos torna fracos
Das nossas certezas
que não nos deixam ver
as certezas alheias
Precisamos cuidar bem do jardim
da nossa alma
com a chama de amor
que nos aquece
Não devemos ter medo de amar
não devemos mentir e muito menos
esconder os nossos sentimentos.
O nosso poder sobre eles
é ilusório
porque eles possuem um poder imenso
como um rio
que se desviamos do leito
apenas corre noutra direcção.
Não há como fugir do amor
não tem jeito
E o nosso coração
será sempre de quem amamos
Portanto não há espaço para recuar
temos que viver
e deixar crescer
o amor que um dia no Céu
Deus escreveu para nós


sexta-feira


Amar ao próximo como a nós mesmos
é o segredo para a paz e a fraternidade
mas quem é o nosso próximo?
O nosso próximo está em todos os locais
onde a vida nos leve
Em nossa própria casa
os nossos pais
os nossos filhos
nossos irmãos
parentes
Mas nosso próximo é também
o vizinho amável e educado
e o agressivo e quezilento
é o pobre mendigo que nos estende a mão
e o amigo importante
que nos pode ajudar
O nosso próximo é todo aquele que sofre
em qualquer lugar
É também o amigo que te esquece
e o amigo que te humilha
mas é também o amigo rico
que se esconde por trás do dinheiro
que com ele cria um trono
de onde cai quando se desilude
O nosso próximo
é o que se arma em espelho de virtudes
e é também o amigo que nos perdoa os erros
e estende as mãos
O teu próximo
é também aquele que te fere
e te rouba o lugar
e faz nascer em teu peito
uma dor que é ciume e despeito
O nosso próximo é também a mulher que amamos
e nos conduz para o bem
e todas as outras
mesmo as que são mulheres de todos
sem o serem de ninguém
O nosso próximo é sempre
quem cruza a nossa vida
O que nos pede socorro
ou nos ajuda na vida
o que espera de nós palavras de bondade
ou o que nos dá afago e compreensão
amizade e calor
ensinando o caminho
da libertação e do amor
e que ninguém pense que é tanto
que de outro alguém não precisa
porque é nos outros
que encontramos o mal e o bem
sem muitos próximos em nossa vida
nunca seremos ninguém

imagem