segunda-feira

Quando eu nasci , havia um anjo
um anjo pequenino que cuidava de mim
que me dava os sonhos e a fantasia
que me cuidava e me sorria
e me fazia ser menino
Quando cresci o anjo partiu
deixei de sonhar
de acreditar
e de ser menino
a vida perdeu a magia
a fantasia
ano a ano, vivo
cumprindo um destino
mas tenho saudades do anjo
do anjo pequenino
que eu não conhecia
não entendia
mas por certo amava
e hoje sozinho
caminhando adulto
na vida vazia
eu queria o meu anjo
aquele que vinha
como orvalho macio
pela madrugada
aquele com quem
eu ria e chorava
o anjo pequenino em que acreditava
já não sou menino
caminho sozinho
não acredito em nada

1 comentário:

Anónimo disse...

Calling my Angel to be with me. New post in Sailing for the seas of the life. Kisses in its loved heart.

imagem