quarta-feira

Oferenda


Ofereço-te os meus dias
Os que já passaram

os que ainda estão por vir
Ofereço-te a minha vida

ofereço-te o meu presente
as esperanças
futuras
Os meus dias de dor
o meu olhar mais terno

ofereço-te a noite
em que te desejo
a estrela brilhante
que o meu amor guia
que ontem nos via
e que hoje perdi
no meio das nuvens
que cobrem meus olhos
Ofereço-te a luz da minha alma

que é pura
que é tão minha
que é de nós dois
A noite conta-me
que teus cabelos estão soltos

eu quero beijá-los
e dizer que te amo
Hoje eu quero escutar-te
ser o teu abrigo
livrar-te de todo o perigo

do teu caminho
que é o mesmo que o meu
No meio da viagem

perco-me calado
e encontro-te perdida
de alma despida
de sonho e de vida
então eu te estendo a minha mão

e nela te ofereço o meu coração
tantos dias perdidos,
tantos sonhos sofridos
mas só a ti eu entrego

o que a todas eu nego
ofereço-te a minha vida
até meus dias ausentes

quero deixar em ti
os meus beijos mais quentes



1 comentário:

Ana disse...

Ofereço-te a minha vida, os meus dias, as minhas noites, o ar que respiro, ofereço-te o melhor de mim, para fazeres comigo tudo o que quiseres, ama-me, faz de mim a mulher mais feliz do mundo como ate hoje nos teus braços.

Amo-te

imagem