sábado

Mutação do amor

Para esquecer um amor
não é preciso sofrer,
nem é preciso chorar,
amor é corpo sem rosto,
que você mascara a seu gosto
e põe o nome que quer.
Troque o rosto,

troque o nome,
e terás outra paixão,
motivo de novo alento,
nova esperança e ilusão,
e,
de repente descubra,
que o novo amor conquistado,
tem o mesmo gosto e perfume,
mesma malícia e ciúmes,
daquele amor do passado!


Sem comentários:

imagem