domingo

Noite cumplice

Às vezes queremos acreditar
que existe uma luz no escuro
que uma estrela cintila
no céu, só para nós dois
Em madrugadas de esperas
de risos cumplices
cansaço
existe um porto de abrigo
que encontro no teu abraço
É longo o silêncio da noite
dessa noite que nos prende
nos embala em seus braços
noite que não mete medo
porque ambos sabemos
seu segredo
que esconde timida
por baixo de negros véus
A noite é companheira
dá-nos momentos de paz
de sono e de evasão
só o nosso sonho começa
quando juntos
bem despertos
nos olhamos, mão na mão
vai embora o cansaço
a dor
a incerteza
e fica só o abraço
a mensagem que é falada
de coração para coração
e a singela certeza
que o amor partilhado
será eternizado
no descompasso motivado
pela ternura
pela emoção


quarta-feira

O NOSSO PRAZER


Dormes tranquilo, com ar sereno, feliz

Mais uma noite nos teus braços

Onde nos amamos, como dois loucos apaixonados

olho o teu rosto e sorrio, penso o quanto te amo

e quanto somos felizes juntos,
castigo-me saindo do calor do teu corpo

entro no duche, onde lembro como nos amamos,

por instantes fecho os olhos,
sinto o toque das tuas mãos ,
da tua boca na minha orelha

nao quero abrir os olhos, se for a minha imaginação

quero que vá ate ao fim.

A tua boca desliza pelo meu pescoço,
as tuas mãos percorrem o meu corpo,
despertando de novo todas as sensações que me provocas.

No momento em que as nossas bocas se tocam
sei que não é imaginação , e deixo-me levar de novo, por ti,
para esse mundo que é o prazer.

Mordendo o teu lábio , arranho as tuas costas ,
provocando o teu gemido

vou descendo pelo teu pescoço com a minha boca,
na tua orelha sussurro

gemendo que quero de novo ser tua.

Encosto-te a parede e vou percorrendo todo o teu corpo

Beijo,

dou pequenas dentadas
provocando gemidos de dor misturada com prazer

Chego no teu sexo e delicio-me com o teu sabor.

A tua respiração está ofegante ,

Seguras em mim e debruças-me,

Com a mão no meu cabelo
penetras-me,

fazendo os meus gemidos aumentarem de tom
ao sentir-te de novo em mim.

Com a agua a cair sobre os nossos corpos,
sinto a tua boca nas minhas costas ,
abafando os teus gemidos,
enquanto aumentas o ritmo da penetraçao.

Ate que de novo o prazer nos avassala
e deixas em mim o fruto do teu prazer

Escrito por ANA

segunda-feira

Posições sexuais preferidas pelos signos

O passado não volta

O tempo não volta atrás
não se ganham os minutos
perdidos
as horas passadas
os dias vividos em vão
O tempo não volta atrás
não nos traz os momentos
que não vivemos
as horas em que choramos
os instantes em que não
vemos as estrelas
O tempo não volta atrás
não nos devolve sonhos
porque não lutamos
verdades que deixamos morrer
gargalhadas que não soltamos
e os sorrisos que perdemos
O tempo não volta atrás
não resgata os beijos
que não se trocaram
as juras que não se fizeram
ou fazendo-as
não se cumpriram
O tempo não volta atrás
por isso vamos viver
plantar rosas em cada palavra
fazer nascer sorrisos
em cada gesto
fazer nascer o sol
em vez de lágrimas
Vamos dar as mãos
mudar o mundo
viver a vida
esquecer as tristezas
soltar o coração
dar um abraço
seja a quem for
não importa datas
rostos
locais
vamos fazer nascer o amor
porque o tempo que passou
e não se viveu
esse, não volta mais


O que quero de uma companheira


domingo

Vejo-te no espelho da lua
quando a noite cai
devagarinho
ao sol pôr
Quando os pássaros se calam
as fontes murmuram
em vozes dolentes
cantigas de amor
Vejo-te no espelho da lua
quando o mar noite dentro
sussurra histórias de sonhos
dourados
lavando com ondas de espuma
a dor dos enamorados
e tu olhas-me de um mundo teu
eu olho-te, vejo-te nua
perdido num desejo só meu
vejo-te tão doce tão pura
como minha luz
minha companhia
Só eu, tu e a lua


terça-feira

Cai uma chuva de prata no teu cabelo
chuva de luz
luar que brilha
nas gotas de orvalho
que escorrem lentamente
do teu cabelo
Cai uma chuva de prata que banha
teu rosto
Onde o meu olhar se prende
é linda a noite
a noite que nos cobre
com um manto de mistério
que nos cabe descobrir
O teu corpo
emoldurado pelo luar
fica suave
quase sobrenatural
fascina-me
O teu olhar é luz
a luz que ilumina a noite
que me cerca
a noite que me acolhe no seio
e me arrasta
para lá de um mundo só meu
Cai uma chuva de prata no teu cabelo
onde o luar brinca
e me embala
na doce suavidade que vem de ti
És a minha luz
a que vence a noite
a que leva a dor
nela
na sua magia
o meu coração sorri


segunda-feira


Vem uma brisa do mar
calma
que traz um cheiro a passado
terno
doce
suave
sussurando confidencias
fazendo-me cúmplice
de segredos molhados
murmurados
pela voz doce do mar
que se enrola na areia
e a possui em ondulações
de um suave prazer
Vem uma brisa do mar
que me traz recados
de uma Deusa que se entrega
as ondas que voluptuosas
banham seu corpo
de um desejo que é divino
Vem uma brisa do mar
que traz consigo
um estranho gosto a saudade
que se prende à minha boca
dando-me a emoção
de tantas horas vividas
Vem uma brisa do mar
que despenteia o meu cabelo
e me acarinha
que beija os meus lábios de leve
e me dá
por momentos
o calor do teu toque
Então eu sinto-te na brisa do mar
fecho os olhos
e vivo
em liberdade plena
um momento de sonho
Um sonho feito de mar


Vem

Vem
preciso encontrar coragem
nos teus braços
no abraço que me estendes
feito de calor
de ternura
Vem
porque não sei quem sou
onde estou
para onde vou
perdi o rumo de mim
vem
preciso encontrar-me em ti
nas tuas palavras fortes
nesse sorriso misterioso
que eu sinto
nos teus olhos
Vem
acha o meu rumo
o meu caminho
lentamente na escuridão
que chega com a noite
lá fora
Vem
pega na minha mão
ajuda-me a ensaiar os passos
neste caminho que desconheço
em que sem querer me perdi
Vem
dá-me a luz de um rumo certo
vem ser mapa neste deserto
que se faz dentro de mim
Vem
que se não for por atalhos
se não for por um caminho
que sejas tu
a mostrar-me o fim
Ah e mesmo que não me ouças
que não me dês a mão
tu sempre virás
porque estás
gravada em mim


domingo

Aparições em Fátima/ 90 anos

Santíssima Virgem Maria, que nas regiões de Fátima vos dignastes revelar, aos três pastorzinhos, os tesouros de graças que podemos alcançar rezando o santo rosário, ajudai-nos a apreciar sempre mais essa oração a fim de que, meditando os mistérios da nossa redenção, alcançaremos as graças que com insistência vos pedimos. Senhora de Fátima, olhai para as famílias de todos os Paises e para as suas necessidades. Vede os perigos que as cercam em todos os momentos, e sede a mãe sempre presente. Sede a nossa intercessora junto ao Pai e ao Filho e ao Espírito santo e alcançai-nos a graça que hoje vos pedimos.

Nossa senhora de Fátima, Rogai por nós!



Ó Senhora minha, ó minha Mãe! Eu me ofereço todo a Vós, e em prova de minha devoção para convosco, Vos consagro neste dia meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e inteiramente todo o meu ser. E como assim sou vosso, ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como coisa e propriedade vossa. Assim seja.




sábado

MADDIE SEQUESTRADA HÁ 9 DIAS

A Maddie desapareceu. Hoje faz anos. 4 anos. Não há muito a dizer. Só fazer um apelo. Se alguém localizar esta criança seja onde for, em que País for, por favor contactem as autoridades locais.
Ou os seguintes nºs de telefone.
289 884 500 ,
282 405 400 ,
218 641 000 , >112>
Gostaria de pedir a todos os leitores e amigos que visitam este blog que façam uma pequena prece para que Deus ajude a que esta menina regresse ao seio familiar.
Gostaria de criar uma corrente de fé e de amor em torno desta criança que foi sequestrada e hoje faz anos, 4 anos, e faz aniversário longe de seus pais.
Quem quiser poderá também entrar neste blog e acender uma vela para que a Maddie regresse sã e salva a casa de seus pais.
Que hoje no teu aniversário, Deus te ampare Maddie.
Que regresses breve aos braços de teus pais


sexta-feira

Mais uma vez te procuro
e tu não estás comigo
Estendo a mão
que recolho vazia
a lágrima cai de mansinho
escondida
Onde estás?
Procuro o som dos teus passos
o teu carinho
o teu calor
Perco-me na solidão do momento
egoísta
porque sempre estás
Mas eu quero mais
muito mais
Estendo as mãos
que gelam no vazio
A minha boca grita: VEM!!!
E espero
Como é doloroso esperar
Mas eu sei que tu vens
O meu coração sorri
ao sentir os teus passos
a lágrima seca
Afogo-me na luz do teu olhar
estendo-te as minhas mãos
e tu mais uma vez
ensinas-me a caminhar






quinta-feira

No fundo da mente

Ficam no fundo da mente
os sonhos que se viveram
num momento que foi sonho
de um sonho que não viveu
fica no fundo da mente
um sonho que não cresceu
um sonho que não voou
porque não soube viver
fica no funda da mente
na madrugada da sombra
um sonho que um dia
foi luz
mas que não soube manter
o brilho que a magia lhe deu
ficam no fundo da mente
num cantinho da alma
onde se guardam os sonhos
que não se puderam viver
onde os dias não passam
onde não há dor nem alegria
ficam no funda da mente
todos os sonhos engeitados
todos os sonhos abandonados
que não puderam viver
ficam no fundo da mente
num cantinho guardados
quietos, mal amados
todos os sonhos maltratados
que a noite sufocou
ficam no fundo da mente
os sonhos mal empregados
os sentimentos confiados
a quem nunca, nunca amou
Fica no fundo da mente
eternamente presente
o sonho descontente
que não viveu
em que ninguém acreditou


terça-feira

O meu nome é Paulo Branco, sou amigo do Gonçalo desde o tempo da escola, quis passar por aqui e deixar uma homenagem simples a um menino que cresceu comigo. Ele detesta as fotos dele de criança mas espero que me perdoe porque é do tempo de criança que queria falar hoje. Ele foi meu colega de escola, meu amigo de anos e anos e mesmo mais tarde tendo partido para os EUA sempre mantivemos esta amizade. Honra-me a amizade de um homem que conheço há anos e anos, que sempre se mostrou frontal e defensor de vários ideais. Senhor de um orgulho a toda a prova, foi e é um dos meus maiores amigos. Não tenho nada de especial a dizer aqui, somente que o admiro como homem. Que sempre o admirei, admirei também sempre a sua capacidade de acreditar em ideais e lutar por eles, de defender quem precisa, de ajudar , dar a mão. Desenganem-se os que pensam que lhe estou a dar uma capa de santo, porque de santo ele nada tem. Apenas ao remexer uma caixinha de recordações, ao lembrar os tempos tão distantes da minha infância caiu por mero acaso essa foto de entre outras. E dela nasceu o desejo de fazer uma singela homenagem ao homem em que este menino se transformou. Peguei a foto, emoldurei-a de um jeito que sei que ele gosta e resolvi editar no blog que ele adora e onde mostra a todos nós muito da sua alma pura. O Pedro acatou a ideia e deu-me a senha, é apenas uma brincadeira com um fundo muito sério, uma homenagem a um amigo especial. Uma dessas pessoas que como se costuma dizer são cartões que já não há. Para mim és um amigo muito querido que tive a sorte de conhecer desde menino. Acompanhei todas as tuas lutas, os teus medos, as tuas vitórias, os teus fracassos, poucos graças a Deus. Aprendi a admirar-te como uma pessoa muito franca, leal, terna e ao mesmo tempo justa. Uma pessoa que se guia por valores que infelizmente vão ficando esquecidos. Uma pessoa de uma sensibilidade extrema que se magoa com muita facilidade exactamente porque fervilha de emoções. Alguém que compreende e aceita, que não julga e que eu nunca ouvi a dizer mal de alguém pelo prazer de denegrir. Alguém que com uma profunda calma vê literalmente dentro se nós, que pressente a mentira e que parece ver o fundo da nossa alma. Mas mais que tudo isso uma pessoa de palavra, alguém que honra uma palavra dada, que é capaz de sofrer para não faltar a ela. Por isso tudo meu querido amigo e por seres o doce e carinhosó ser que és, por nunca recusares a ninguém uma ajuda, uma palavra, um abraço, eu deixo aqui esta singela homenagem. Nada de especial amigo, porque não tenho o teu dom para a escrita, mas muito sincera. Aquele abraço de sempre... Até já

PAULO BRANCO


segunda-feira

Amar é

Amar é vínculo de Deus
que um dia com amor
dois seres para sempre
uniu
Amar é sonho de Deus
que se sela nos olhos
de quem ama
Quem acredita no amor
amar é ser um Deus
num corpo terreno
e frágil
de humano que por amar
se torna em divindade
num altar de açucenas
que é a flor da pureza
e é puro todo o amor
amar é vínculo de Deus
e a força de Deus, o amor

domingo

MÃE

Mãe queria dizer-te tanta coisa
falar dos meus medos
como quando em menino
corria para o teu colo
e chorava , um choro que em teu seio
se tornava doce
Mãe queria contar-te as minhas vitórias
aquelas que me fazem sorrir
e me fazem achar que vale a pena viver
Mãe queria contar-te os meus segredos
falar-te de amor
contar-te da minha vida
como sempre fiz
Mas tu partiste
levando contigo as tuas palavras
que me acalmavam
os teus conselhos que me sossegavam
Mãe tenho saudades dos teus olhos
em que eu era héroi
tenho saudade do teu sorriso
que era a minha luz
saudade das tuas palavras
que me davam paz
Mãe, tenho saudade do teu abraço
em que me acalentavas
do teu colo onde já não cabia
mas que mesmo assim tu me davas
Tenho saudades mãe
do tempo em que corria para ti
sempre que o meu coração apertava
Deus tirou-te de mim
e hoje mãe, que é o teu dia
eu , logo à noite vou olhar o céu
e procurar uma estrelinha
uma que no firmamento sorria para mim
porque essa eu sei que és tu
minha mãe
Deus levou-te para ele
mas sei que me olhas do céu
que do céu me proteges
como o meu anjo de amor
e que por mim pedes eternamente
a Deus nosso Senhor





sexta-feira

Pediram-me um sorriso
mas um sorriso especial
um sorriso que sorri
um sorriso de alegria
um sorriso verdadeiro
Prometi esse sorriso
e para o encontrar
fui visitar as estrelas
elas sorriram
mas o seu sorriso era
pálido
fui visitar a lua
mas ela recusou-se a sorrir
pedi um sorriso ao vento
mas ele apenas murmurou
que não sabia sorrir
Pedi um sorriso ao sol
o seu sorriso era luz
quente, mas fugaz
e eu queria um sorriso
eterno
Então procurei em mim
á forma de dar esse sorriso
a quem o pediu com carinho
uma lágrima deslizou
não de tristeza
mas de emoção
Então descobri o sorriso
aquele que será teu
e para sempre nascerá
dentro do meu coração


Fica comigo

Fica comigo hoje
-me um sorriso
um abraço
fica comigo hoje
esquece o mundo
fora
Fica comigo inteira
-me o teu calor
as tuas dores
até as tuas lágrimas
Fica comigo hoje
aperta-me para ti
segura a minha mão
agarra-me
e levanta-me
Fica comigo hoje
esquece a dor
esquece a tristeza
esquece o medo
Fica comigo hoje
sem data
para me deixares
sem data para partir
Fica comigo hoje

prende-me
segura-me
ensina-me a sorrir



quinta-feira

Ainda

Ainda acendo velas num altar de sonho
e beijo devagar
as marcas desse sonho que ficou
nas preces feitas a um Deus
venerado no coração dos homens
necessário
imperdível
Ainda acendo velas num altar de sonho
e deixo que as minhas mãos
percorram de leve caminhos
de uma fé encontrada
num canto qualquer do meu coração
Ainda acendo velas num altar de sonho
em que o mundo se mostra
e se dá para mim
do jeito que eu o sonhei
ainda acendo velas de esperança
canto hinos
louvo o senhor
Ainda confio num Deus menino
que saiba brincar
e proteger o amor


quarta-feira

Janela

Há uma janela na alma
que mostra a cor dos sentidos
que escondemos da luz do dia
há uma janela na alma
que só abrimos quando queremos
com medo de nos mostrarmos
como verdadeiramente somos
Há uma janela na alma
que se fecha sob olhares
que nos tentam desnudar
invadir o que se esconde
na penumbra de nós mesmos
Há uma janela na alma
que filtra os raios de sol
que teimam em colorir
as trevas em que nos escondemos
Há uma janela na alma
que fechamos por recato
por medo
por covardia
uma janela que se abre
quando outra alma te toca
e as duas se unem numa só
sem mais lugar a segredos
Então a janela abre-se
findam para sempre os medos


terça-feira

Anjo de Amor

Há um anjo pequenino
que brinca no seio das nuvens
com o brilho da lua
a escorrer-lhe pelos dedos
quando as estrelas brilham
na melodia do teu olhar
há um anjo pequenino
que brinca na noite estrelada
por entre pingos de prata
que Deus espalha no céu
só para o embelezar
um anjo pequenino
que sorri à noite que une
com a cumplicidade da lua
os amantes enamorados
Há um anjo que brinca
sorridente, menino
no fulvo dos teus cabelos
quando a lua espelha magia
na doçura do teu olhar
há um anjo pequenino
que brinca em pétalas
de rosas
imaculadas e puras
como rendas de um altar
é o anjo que nos vela
e que o nosso amor
para sempre, irá guardar


imagem