quarta-feira

Perdi-me


Perdi-me no meio de sombras
sombras frias
cinzentas
perdi-me no meio de sombras
de um passado triste
que me assombra
Perdi-me em palavras esquecidas
passadas
tão sofridas
Perdi-me num mundo irreal
cinza
onde o sol não nasceu
onde o calor não chega
a luz não consegue vencer
perdi-me num mundo tão estranho
numa clareira de dor
perdi-me num mundo de sombras
em que a luz que me guia
é a luz resplandecente
que nasce no teu amor
Por mais que eu me tenha perdido
pegas na minha mão
e mostras-me o caminho
que se encontra assinalado
a ternura
dentro do teu coração

Sem comentários:

imagem