sexta-feira

Perdi-me

Perdi-me nos olhos da noite
e era tarde , muito tarde
quando vi que me perdi
perdi-me em caminhos trocados
por outra mão traçados
e não vi que me perdi
Perdi-me nos olhos da noite
o dia foi devagar
e eu tão perdido, não vi
não vi que o dia findava
no seio da noite infinita
que sorrindo, me aguardava
Perdi-me nos olhos da noite
que era doce e suave
e não vi que me perdia
entreguei-me a ela cansado
e só vi que me perdi
quando mesmo ao meu lado
dei pelo dia claro
que em silêncio me fugia



1 comentário:

Anónimo disse...

Quero dançar para você,
tirar os meus véus,
mostrar o meu corpo,
mexer e remexer meus quadris,
te fazer desejar, sonhar, suar e imaginar
vais ter que esperar
a música precisa acabar,
eu quero dançar
uma dança sensual,
te mostar o meu corpo semi nú,
te fazer pensar em me tocar,
quero que desejes a minha roupa arrancar,
eu preciso para você dançar,
uma dança de sedução
que mostre todo a minha paixão
e o meu imenso tesão.
Quero te fazer gemer de prazer,
te levar a exaustão,
Quero ser tua odalisca, tua Cleoprata,
tua Dalila, teu tesão, tua Salomé
e tudo mais que você quizer,

imagem