segunda-feira

Imagina


Faz do meu corpo uma cama
uma cama de flores
onde o meu corpo são pétalas
que desfolhas
ao sabor do teu desejo
Faz da minha boca o néctar
que bebes sôfrega
no copo de prazer
que são os meus lábios
Faz de mim o amor
mesclado de paixão
que suspiras
nas noites
em que procuras na cama
o meu corpo
Faz de mim
o confidente dos teus desejos
dos desejos mais loucos
alucinados
inconfessáveis
que em horas perdidas
recriamos
na loucura de um momento
Faz de mim a fonte
onde bebes o desejo
em golfadas que te sufocam
que te tiram a respiração
e te matam
em cada renascimento
Faz de mim
o centro do teu mundo
da tua caminhada
Faz de mim
o elo que te prende à vida
em cada hora perdida
em que não estamos os dois
faz de mim
o teu segredo
o teu apoio
Faz de mim
o motivo do teu sorriso
a luz do teu caminho
deixa que só eu
ocupe o teu pensamento
Faz de mim a madrugada
que eu seja o sol brilhante
que faz nascer o dia
na noite da nossa saudade
que eu seja a lua
que ilumina a escuridão
que eu seja
fogo
chama
lume
que alimenta esta paixão
Faz de mim
parte de ti
e faz do meu
o teu coração

1 comentário:

Valquria disse...

Que del´´icia entar em seu blog,e ler um textos com palavras lindas.
Sentimos que o amor esta no ar,parabéns.
Que música linda Gonçalo.
Beijos neste seu coração iluminado.

imagem