domingo

Cansaço

Às vezes vem o cansaço
o cansaço da distância
da saudade
o cansaço feito dor
cansaço
que já não cansa
cansaço que é amor
às vezes vem o cansaço
aquele que tolhe o passo
e cansa
já sem cansar
às vezes vem o cansaço
que não cansa
nem descansa
que é sina de amar
Às vezes vem o cansaço
e eu anseio o abraço
aquele que meio cansados
sempre deixamos de dar
não cansa o que é por amor
por isso nem a dor
é capaz de me cansar
Às vezes vem o cansaço
aquele que já não sinto
nesta sede de amar
amar é um cansaço
que cansa docemente
que fica eternamente
sem na verdade cansar



2 comentários:

Rosana disse...

Para vc o meu respeito por tudo que de bom nos dá neste seu blog. Um beijo especial para vc

Ana disse...

Põe a mão esquerda no ombro direito!
Agora a direita no teu ombro esquerdo!

Aperta com fora!

Isso foi um abraço meu

Bjs , Amo-te

imagem