quarta-feira

Lágrimas são frases aprisionadas
são palavras que escorrem pelo rosto
em forma de gotas
Lágrimas, digam os poetas
que sempre as choraram
lágrimas são letras
de frases da alma
que não se desenharam
lágrimas são gritos da alma
gemidos dolentes
de um coração
lágrimas sinceras
enterram quimeras
sonhos, ilusão
Lágrimas são desabafos
em forma de chuva
que nos banha o rosto
lágrimas, frases escritas
trilhas de um caminho
chamado desgosto
Lágrimas, dizem os poetas
que tão bem as conhecem
podem ser saudade
lagrimas também
podem vir por bem
por felicidade
Lágrimas, são expressões
de emoções que inundam
o peito
lágrimas no rosto
tempestade na alma
que depois de vencida
aquieta, acalma
Lágrimas, que o digam os poetas
que choram dores sentidas
em horas incertas
são palavras perdidas
mas nunca esquecidas
nas almas desertas
Lágrimas, que venha o primeiro
que tenha a ousadia
de afirmar que nunca chorou
se o fez é desgraçado
apenas confirma
que nunca amou
Lágrimas são testemunhos
de dores secretas
em peitos desertos
lágrimas velam sonhos
daqueles sonhados
de olhos abertos


1 comentário:

Milú disse...

Olá: Entre o que dizes e o que deixas por dizer fica a vida, pretexto máximo.Entre cada instante de resistência prolongam-se hábitos, regras e planos, fica o controle da situação. E, por cada segundo de todos estes exercícios, bloqueia-se a espontaneidade e trancam-se a ferrolhos as portas do inesperado. Sê feliz, faz por isso...

Beijo amigo
Milú

imagem