sábado

Toma-me em teus braços
quando a noite triste vem
misturando nossos abraços
não me deixes só, meu bem

Vem ter comigo sorrindo

traz um sorriso de ternura

quando o dia vai surgindo

vem afastar a amargura

Vem ter comigo sem medo

nas noites cheias de magia

traz na tua alma o segredo

dos desejos que eu pedia

Vem ter comigo docemente

nas horas tristes, tão paradas

Vem inventar um sonho quente

Nas minhas gélidas madrugadas

Vem ter comigo finalmente

sem perguntar, sem duvidar

vem, que a minha alma sente

a vontade louca de te amar

Vem quando a cidade adormece

sono feito de multiplos cansaços

vem, que o teu corpo apetece

vem prender-te nos meus braços

Sem comentários:

imagem