domingo

Se ...

Pensamentos que de modos diversos nos aconselham a arriscar. A derrubar tabus, metas, a ir para além daquilo que pensamos ser o limite. Não é facil arriscar, não é facil sairmos de dentro da concha, no entanto muitas vezes é melhor arriscar do que ficar a pensar no que teria sido... se... Arriscar não requer só coragem, requer também capacidade de enfrentar quedas e desilusões com um sorriso nos lábios. Eu sou um pouco comodista não gosto muito de correr grandes riscos, esse comodismo porém muitas vezes é um escudo que atrapalha mais do que defende. Quando passo a minha vida em retrospectiva sinto que muitas vezes deixei que a vida fosse meio ao acaso, sem que eu impusesse realmente a minha vontade. Os amigos mais intímos dizem que sou comodista em excesso. Não nego isso. Quem sabe por estar tão cansado de lutar com uma vida que de uns anos a esta parte não tem sido facil. Muitas vezes apetece fechar os olhos, largar as rédeas e deixar que a vida se desenrasque sozinha. Eu tenho um defeito grave, quer dizer, um tirado da minha lista de 6668 defeitos, mas o que aqui aponto é um cuja gravidade reconheço. Sou um homem de paixões fortes. Quando amo faço de tudo para conseguir o que quero, sou capaz de dar tudo por um amor, mas em contrapartida decepciono-me muito facilmente. Às vezes algo que passa despercebido a todos, um facto que a ninguém desperta atenção, a mim decepciona-me. E quando isso acontece perde-se a magia e nesse momento eu tiro as mãos das rédeas e deixo que a vida me mostre se estou certo ou errado. Infelizmente em cerca de noventa por cento das vezes a vida vem mostrar-me que eu estava certo. Digamos que algumas vezes o comodismo me salva. Não quero no entanto fazer aqui a apologia do comodismo, acho que todos devemos lutar pelo que queremos e naquilo em que acreditamos. Esgotar todas as possibilidades de um sonho antes de simplesmente largar as mãos das rédeas, para que não precisem dizer como eu algumas vezes me sido tentado a dizer perantes certas situações: - Talvez, se...

Sem comentários:

imagem