domingo

Só o amor importa
que o mundo
se vire
que o mar
seque
que o rio
cesse de correr
que os pássaros
emudeçam
e o sol
perca a cor
que as nuvens
tapem o céu
e a chuva corra
triste
pelas vidraças
da minha janela
que as flores
esmaeçam
as suas cores
e se tornem ténues
que a musica
cristalize
num silêncio
absoluto
que a noite venha
sem hora de amanhecer
O Mundo pode parar
a lua desaparecer
e as estrelas
perderem o brilho
nada disso verei
nem conta
sequer darei
porque o meu sol
a minha musica
a minha primavera
nasce no meu coração
quando confiante
me sorris
e me estendes a mão

Sem comentários:

imagem