quinta-feira

Quero deixar no teu corpo
a minha marca
Como se fosse um duelo
e tu fosses o meu troféu
quero deixar em ti
a marca do meu desejo
a marca do meu prazer
Quero deixar em ti
a marca das minhas mãos
ansiosas
que percorrem o teu corpo
Quero deixar em ti
as marcas dos beijos ardentes
com que percorro o teu corpo
Quero deixar em ti
a marca do meu desejo
a ansia incontida
com que o meu corpo implora
o teu
Quero deixar em ti
A marca do meu prazer
dos meus gemidos
do meu grito na hora do gozo
Quero deixar em ti
a minha marca
para que nunca me esqueças
e sejas minha
só minha
por todo o sempre

Sem comentários:

imagem