quinta-feira

Esta noite adormeci excitado
pelo toque quente
das tuas mãos
Acordei
corpo sedento
enlouquecido pelas caricias
da tua língua
na minha pele em chama
e pelo beijo longo
sufocante
És o encanto da minha
noite
amada, tirada ao sonho
eu apenas, fogo
desejo
que ao acordar
ao teu corpo
mais uma vez se rendeu
Como framboesas
na tua boca
e chupo os teus seios
regados a champanhe
numa festa só nossa
numa fogueira
subtilmente ateada
em que teu corpo
também queima
no fim
no êxtase
a vida que sai de mim
jorra por entre gemidos
sacia teu corpo
faminto
e adormece-me os sentidos

Sem comentários:

imagem