domingo




Amor Por ComputadorDesconhecidos, eram duas almasQue agiam e pensavam iguais.Destemidos, não havia como impedir oEncontro entre esses tais.Imaginativos, podiam ser os dois que viviamEm lugares distantes.Impulsivos, são para sempre um do outroComo eternos amantes. A história deles ainda seráContada um belo dia,De como havia sido encontradaA grande alegria,Através de uma tela de computador, acredite,Aprenderam sobre como é o amor, não evite. Todo o suspense em virtude de nossos atos.Quando se encontrará,A verdade que surgirá.Tomo a primeira atitude, os primeiros passos.Onde vamos nos encontrar,O destino não pode tardar. Alguém está andando?Nosso tempo está passando.O que estou falando?Nosso tempo está passando.Algo está faltando? Nosso tempo está passando.Tempo de amar,Tempo de querer,Tempo de alegrar,Tempo de te ver. Desconhecidos, não mais serão,Tudo será lindo,Amados, em todo o nosso bem,A vida será linda.Depois desse amor por computadorNada mais será real e sim especial.



Quero deixar este texto aqui como homenagem a todos aqueles que se apaixonam por internet. Até há algum tempo ninguém entendia que as pessoas pudessem apaixonar-se por aqui. Ainda hoje existe quem duvide, mas isso porque essas pessoas não tem a sensibilidade suficiênte para entenderem um amor que se faz primeiro de alma que de corpo. Primeiro de magia e só depois de realidade. Mas é por aqui que as pessoas se expõem e mostram quem são. A internet permite anonimato de identidade, mas não de personalidade. Quem fala por aqui e se apaixona por aqui mostra-se ao outro como jamais se mostraria num namoro olhos nos olhos. Porque por aqui cada palavra dita tem uma força maior e aqui não se pode recorrer ao beijo e ao abraço para demonstrar afecto. Aqui só pode demonstrar pelas palavras, falar do que sente, aqui quem não tiver sensibilidade e não amar de verdade não consegue enganar e nem mentir. Por isso assusta alguns. Parabéns aos que conseguem. E amar por aqui não é ilusão, porque os sentidos não se distraiem com nada, aqui a pessoa esta consciênte de cada afirmação feita. A pior ilusão é quando se esta junto de quem amamos e escondemos com um sorriso as duvidas que nos atormentam ou sufocamos com um beijo a pergunta à qual não queremos ou não sabemos responder. Não é o cheiro, ou o toque que gera o amor, o amor gera-se no encontro de duas pessoas que se respeitam e no encontro de duas almas em sintonia, o cheiro e o toque não são amor, são instinto e isso é importante claro, mas quem ama por aqui, leva uma base de amor e de conhecimento mais profundo de si mesmo e da pessoa que ama.

Sem comentários:

imagem