sexta-feira

Quem eu amo

Quem eu amo eu deixo livre, porque um amor feito prisão
nunca será amor.
Quem eu amo deixo livre, porque confio que se me amar voltará
Quem eu amo deixo livre, pelo beijo da partida e o sorriso da chegada.
Quem eu amo deixo livre, porque o amor não se prende.
Quem eu amo deixo livre, para que escolha
e escolhendo possa comparar.
Quem eu amo deixo livre, para que possa escolher caminhos, e voltar se de facto me amar.
Quem eu amo eu deixo livre, para que descubra a sua verdade, e ao fazê-lo possa descobrir a minha.
Quem eu amo deixo livre, para que veja no azul do céu a promessa de um novo amanhecer.
Quem eu amo deixo livre, para que veja o sol, e com o seu calor, possa aquecer o coração.
Quem eu amo deixo livre, para que colha ternura em cada pétala de rosa
Quem eu amo deixo livre, para que ouça no murmurio do vento, a verdade que proclamo
Quem eu amo deixo livre, para que veja no mar, o espelho dos meus olhos
Quem eu amo deixo livre, para que querendo volte, e voltando possa dizer que voltou
Porque sentiu
E porque na verdade me amou






1 comentário:

Beatriz disse...

Porque sofres tu???Porque te escondes atrás de um pc??Não seria mais fácil assumires que deficiente??Talvez assim arranjasses amizades mais sinceras, em vez de te enrolares em tantas mentiras e enganares tanta gente...Assume a tua condição, não tenhas medo e verás k as pessoas serão mais genuinas.

imagem