sábado

Procuro-te


Procuro-te no canto dos pássaros
Mas eles não sabem de ti
Procuro-te na luz do Sol
Mas ele nada me diz
Procuro-te na carícia da chuva
Mas ela cai indiferente
Procuro-te na brisa da tarde
Mas ela não me responde
Procuro-te no murmurio das ondas
Mas elas morrem na areia
Procuro-te no firmamento
Mas não te reconheço entre as estrelas
Procuro-te no som da minha voz
Mas não tem a tua doçura
Procuro-te na musica que nasce em minhas mãos
Mas ela não tem a tua magia
Procuro-te no meu grito de raiva
Mas não tem a tua força
Procuro-te na furia da tempestade
mas ela não tem a tua beleza
Procuro-te no frio da neve
mas não me dá a tua paz
Procuro-te nos sorrisos que me dão
Mas não têm o teu encanto
Procuro-te nas palavras de amor
Mas não têm a tua voz
Procurei-te inutilmente em todo lado
Perto e longe
Busca inútil
Porque tu estás afinal junto a mim
guardada para sempre
dentro do meu coração

Sem comentários:

imagem