quinta-feira


Passei tanto tempo apenas pensando em negócios, em carreira, em ganhar dinheiro, que me esqueci de viver a vida. Muitas coisas passaram-me ao lado. Não acompanhei a minha filha como deveria, não fiz todas as viagens que queria, porque havia sempre algo mais forte e eu ia adiando. Adiando como se todo o tempo do mundo fosse meu. Só nos damos conta do erro quando descobrimos que num instante a vida nos pode escapar por entre os dedos, que não somos donos e senhores dela. Mas quando percebemos isso, tantas coisas já ficaram por viver, tantos momentos unicos que se perderam, que são irreversiveis. Se eu pudesse teria estado mais tempo com a minha mãe, mas não o fiz, porque para mim ela estaria sempre comigo e só me dei conta do erro quando ela já não estava. Pensei ter tempo para fazer ainda muitas vezes férias na Suiça, esquiar, e só me dei conta da impossibilidade quando descobri que afinal tinha que ter muito cuidado e evitar quedas. Pensei ter todo o tempo do mundo para estar com a minha filha, para de certa forma colmatar todas as minhas ausências e de repente apercebo-me que esse tempo me pode faltar. Que muitas das coisas que planejei podem nunca chegar a concretizar-se. Se eu pudesse refazer a minha vida faria tudo ao contrário. Daria mais prioridade à minha família, aos meus amigos e até ao lazer. Trabalhar sim é preciso, mas não devemos fazer disso a nossa unica meta de vida. Para mim pode ser tarde ou não, para refazer todos os meus planos. Mas quem pensa que tem ainda toda a vida pela frente, deve vivê-la, aproveitar ao máximo e não passarem por ela como meros expectadores,.

imagem