domingo

O passado é sim o nosso melhor professor. É do passado que devemos tirar ilações para o futuro. Errar é humano, todos erramos, o importante é que os erros fiquem como lições, como marcos de viragem na nossa vida. Mesmo quando não se trata de erros o passado nunca deve ser trazido de volta, devemos deixar que seja, aquilo que o próprio termo indica, passado. Um amigo meu recentemente disse-me que gastava todas as horas livres que têm a reconquistar um amor do passado. Perguntei-lhe porquê e respondeu-me que tinha sido um grande amor e que o queria reconquistar. Eu disse-lhe que afinal ele anda a tentar conquistar um novo amor. Se acendermos uma fogueira e a deixarmos extinguir por falta de cuidado, por falta de carregar lenha, ´podemos realmente ao darmo-nos conta do erro, carregar mais lenha e acender de novo a fogueira no mesmo local. Mas embora sendo no mesmo local será outro o fogo que arde, não é mais o mesmo. O que fica no passado não se recupera, pode trazer-se de volta no futuro, pode-se iniciar tudo outra vez, mas será sempre algo de diferente, como o fogo que voltou a arder. É bom que o passado nos sirva de lição para meditarmos, para aprendermos com os erros e sentirmo-nos realizados com as vitórias. Então será bom que ao acendermos as nossas fogueiras nos lembremos do passado e não nos descuidemos tanto, devemos olhar de vez em quando para o suprimento de lenha, não vá ele terminar. E se isso acontecer nada teremos aprendido com o passado.

imagem