domingo


Não há sentimento que seja mais terno e que ao mesmo tempo tanto nos magoe como o amor. Quando amamos expomos aquilo que de melhor temos e damo-nos , muitas vezes sem pensar que a pessoa amada não faz o mesmo. Embora o amor seja o sentimento mais belo, mais forte, mais puro, podemos sair dele muito feridos, com cicatrizes que talvez durem uma vida inteira. Nenhum sentimento que implique darmo-nos aos outros é isento do risco de dor. Magoamos e podemos ser muito magoados, mas faz parte da vida. Um amigo meu recentemente saiu-se com uma frase que me fez rir, disse ele que um grande amor é como um fantasma, todos falam nele, mas nunda ninguém o viu. Achei graça , mas discordo. Existem sim grandes amores, plenos de sentimento e de entrega. E esses são os que mais ferem, mais magoam. Amar não é só procurar a própria felicidade, amar é procurar a nossa felicidade na felicidade da pessoa amada. Quando um amor é demasiado egoísta, quando se centra no "eu" pode ser tudo menos amor. O amor pode sim ser a experiência mais feliz ou mais dolorosa de todas, mas seja qual for o resultado final, terá sempre valido a pena.

imagem