quarta-feira

Como era tarde, quando eu pensava ser ainda cedo

Como era tarde quando a brisa vinda do mar
Me enxugou as lágrimas

Como era tarde quando o sol brilhou
depois das chuvas

Como era tarde quando recordei
um sonho na madrugada

Como era tarde quando o meu sorriso
se abriu em vão

Como era tarde quando a velha roseira
cansada ,floriu

Como era tarde quando o vento me murmurou
o eco perdido das tuas palavras

Como era tarde quando o meu coração cansado
se aquietou na expectativa

Como era tarde quando dos meus olhos
nasceram lágrimas de dor

Como era tarde, quando dos meus lábios
sairam palavras de perdão

Como era tarde quando as estrelas longinquas
iluminaram a noite sem remissão

Como era tarde Quando a luz da aurora
fez raiar a madrugada

Como era tarde, quando acordei
sem nunca ter adormecido

Como era tarde, tão tarde
quando ainda pensei ser cedo

Sem comentários:

imagem